sexta-feira, 30 de março de 2012

Amigos




Ter um amigo,  um grande amigo, que nunca vai lhe abandonar; independente de você ser bonito ou feio, rico ou pobre, é um privilégio de poucos!
Para muitos é difícil ter alguém assim ao seu lado. Mas não estou falando de uma pessoa. Eu falo dos cães, Faço elogios a um animal, que segundo muitos não tem inteligência nem emoções, e não sentem dor.
Mas, sim eles sentem dor, eles tem emoções, e são muito mais inteligentes do que podemos entender. E o melhor de tudo isso, é que eles têm a capacidade de amar, de sentir falta de alguém que já partiu, de saber quando uma pessoa está bem, ou esta mal.
 Vocês que estão lendo devem se perguntar, se eu sou algum cientista, algum louco talvez? Não!
Eu apenas tenho um cão. Um não, três. Então eu não preciso fazer  experiências, como se fossem ratos de laboratório. Apenas sinto, apenas respondo o que vejo em seus olhos. E o que recebo, é a amizade mais pura e verdadeira.
Hoje em um mundo com tanta corrupção, com tanta coisa ruim temos que aprender a valorizar as pequenas coisas. Grandes amigos e prazeres têm sido cada vez mais difíceis. Talvez ainda chegue o dia em que será necessário pagar para poder ver uma cachoeira, para fazer uma trilha, andar de bicicleta, ou talvez, ter um amigo. Mas os meus amigos são de graça!

Ariel Dauve

Nenhum comentário:

Postar um comentário